Trânsito – Ponte estaiada da Av. Água Espraiada é inaugurada

ponte-estaiada-da-agua-espraiada.JPG

Foi inaugurada neste sábado (10/5) a ponte estaiada Octavio Frias de Oliveira, no Brooklin, Zona Sul de São Paulo. Ela liga a avenida Jornalista Roberto Marinho à marginal Pinheiros, antiga Água Espraiada, sobre o rio Pinheiros.

Batizada com o nome do jornalista Octavio Frias de Oliveira, falecido no ano passado, a ponte estaiada será a primeira do tipo da América Latina. “Pela estimativa da Emurb (Empresa Municipal de Urbanização), esperamos a diminuição em até 45 minutos no tempo de viagem das pessoas que utilizarem os dois sentidos”, disse o secretário municipal de Infra-Estrutura Urbana e Obras.
Com um mastro central de 138 metros – equivalente a um edifício de 46 andares – formando um “X”, será um dos dez pontos mais altos da Cidade. As duas pistas de 290 metros de extensão e 16 metros de largura são suspensas por 144 estais – cabos de sustentação – de tamanhos variados, sendo o maior com 175 metros e o menor com 79 metros. Tem capacidade para a circulação de 4 mil veículos por hora em cada lado. Sua estrutura comporta ventos de até 200 km/h. Na fase de maior movimento da construção, 430 operários trabalharam nela. Desde 2003, início da obra, foram gastos R$ 233 milhões.
Um dos destaques da ponte estaiada é o seu sistema de iluminação, que permite a utilização de várias cores na torre em intervalos de tempos ajustáveis. São 142 projetores colorblast, equipados com diodo emissor de luz (LEDs, em inglês) nas cores vermelho, verde e azul. O LED é um chip que emite luz quando a corrente elétrica passa por ele. Na parte externa, a luz branca refletirá sobre os 144 estais. O efeito é resultado da utilização de 20 projetores do tipo arena vision. As pistas de rolagem e alças de acesso serão iluminadas com 206 luminárias. A tecnologia utilizada gera economia de 53% em energia elétrica, quando comparada com os sistemas convencionais.
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab,  anunciou a continuação do prolongamento da avenida Jornalista Roberto Marinho até a rodovia dos Imigrantes, que liga a Capital à Baixada Santista. Até o fim deste ano serão iniciadas as obras para a ligação até a avenida Pedro Bueno. No fim, a ligação com a rodovia será feita através de um túnel.
Uma linha de metrô será implantada na região com um sistema novo para a Cidade, chamado Metrô Leve, que utiliza o veículo leve sobre trilhos (VLT). A primeira etapa ligará a estação São Judas do metrô, da Linha 1 – Azul, ao aeroporto de Congonhas, com conclusão em 2010. “Em um segundo momento, vamos prolongar, desde a Estação Jabaquara e também do aeroporto, até a estação Morumbi”, acrescentou João Paulo de Jesus Lopes, secretário-adjunto estadual de Transportes Metropolitanos.

Fonte: Prefeitura Municipal de São Paulo

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um comentário sobre “Trânsito – Ponte estaiada da Av. Água Espraiada é inaugurada

  1. Rogério Boa tarde!
    Sou da Cidade de Rio Claro-SP, estou cursando faculdade de Arquitetura e Urbanismo (Asser Rio Claro-SP).
    Estou pesquisando sobre a Ponte Estaiada, gostei da sua Reportagem sobre a mesma.
    Se for possivel e se você tiver fotos da estrutura da Ponte, me envie por favor.
    Tenho um seminario para ser apresentado sobre o mesmo.

    Agradeço desde já!

Deixe um comentário