Comércio entre a China e países de língua portuguesa cresce 29,4% em 2017

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa cifraram-se em 117,58 mil milhões de dólares em 2017, valor que representa um aumento homólogo de 29,40%, de acordo com dados oficiais chineses divulgados pelo Fórum de Macau. As exportações da China para os oito países de língua portuguesa cresceram 23,2% para 36,57 mil milhões de dólares e as importações aumentaram 32,18% para 81,00 mil milhões de dólares, fazendo com que a China tenha registado um défice comercial … Leia mais…

Português terá 350 mi falantes até o final do século

A tendência é reforçada pela ascensão econômica de Angola e Brasil, pela aproximação da Copa do Mundo e pelo interesse pela música em língua portuguesa A população dos falantes da língua portuguesa deve aumentar em 100 milhões de pessoas até o fim do século Lisboa – Até o final do século 21, os oito países falantes de língua portuguesa (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste) terão uma população de 350 milhões de … Leia mais…

Comércio entre China e países lusófonos cresce 50% até Novembro

As estatísticas dos Serviços de Alfândega da China indicam que o país comprou entre Janeiro e Novembro deste ano aos oito países de língua portuguesa produtos no valor total de 56,7 mil milhões de dólares (42,6 mil milhões de euros) contra vendas aos mesmos países de 26,6 mil milhões de dólares (20 mil milhões de euros). Estes números traduzem aumentos homólogos nas importações chinesas de 45% e nas exportações da China de 60%. O Brasil é o principal parceiro lusófono … Leia mais…

Comércio chinês com países lusófonos cai 35% no 1º semestre de 2009

O comércio entre a China e os países de língua portuguesa diminuiu de 34,8% no primeiro semestre para US$ 23,5 bilhões em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo os dados dos Serviços de Alfândega da China, Angola e Brasil registraram as maiores quebras nas trocas comerciais com o gigante asiático, enquanto que Timor Leste e Guiné-Bissau alcançaram os maiores aumentos. As importações da China face aos oito países lusófonos caíram 36,61% entre janeiro e junho, enquanto o volume … Leia mais…