Boeing faz ofensiva para garantir apoio do governo em acordo com Embraer

O governo brasileiro recebeu três sinalizações da Boeing no processo de negociação com a Embraer: garantia da autonomia à parceria entre Saab e Embraer na produção dos caças Gripen; transformação do Brasil em um novo polo de produção de componentes dos aviões Boeing fora dos Estados Unidos; e manutenção, como exigem as autoridades brasileiras, do poder de veto do governo na empresa de São José dos Campos (SP). Os esclarecimentos tentam captar o apoio do governo e diminuir preventivamente a … Leia mais…

Embraer dá largada para montagem de Legacy nos EUA em 2016

A Embraer iniciou na última quinta-feira (09/10/2014) a construção da fábrica para montagem dos jatos executivos Legacy 500 e Legacy 450 nos Estados Unidos, pela ampliação de sua unidade no aeroporto internacional de Melbourne, na Flórida. A fabricante brasileira de aviões mais do que dobrará o tamanho de sua unidade nos EUA, atualmente com 20 mil metros quadrados e que será ampliada em 22 mil metros quadrados. A nova linha de produção deve entrar em operação em 2016 e terá … Leia mais…

Primeiro voo Legacy 450

A Embraer realizou no sábado 28/12/2013 com sucesso o primeiro voo do novo jato executivo Legacy 450. Segundo a companhia, os pilotos de teste voaram a aeronave por 1 hora e 35 minutos, realizando avaliação de características de controle e de desempenho. O novo modelo pertence à categoria de jatos mid-light e comporta até 8 passageiros. O diferencial é a maior autonomia de vôo em relação à família Phenom. Enquanto o Phenom 100 tem 1.178 milhas náuticas de autonomia e … Leia mais…

Jackie Chan é o novo garoto-propaganda da Embraer

O ator Jackie Chan foi contratado há um mês como novo garoto-propaganda mundial da Embraer, Empresa Brasileira de Aeronáutica. Ele vai estrelar as campanhas publicitárias que divulgarão os aviões executivos Legacy. Segundo Frederico Curado, presidente da empresa, Chan, nascido em Hong Kong, também comprou este modelo de avião, que será entregue em janeiro. E ressalta que a imagem será muito utilizada no mercado chinês. Fonte: Adnews e Agência Estado