JadLog tem alta de 18,1% no primeiro bimestre de 2017

A JadLog registrou crescimento de 18,1% no faturamento no primeiro bimestre de 2017 em relação ao mesmo período do ano passado, sendo que nos últimos anos três anos a empresa cresceu cerca de 12% ao ano. A JadLog é uma das maiores redes de carga expressa e um dos principais operadores logísticos do comércio eletrônico no Brasil. 

O resultado reflete o impacto positivo da associação com a GeoPost, a segunda maior rede internacional de distribuição de encomendas na Europa, anunciada em janeiro. O crescimento também ocorreu a partir da participação da JadLog nas entregas realizadas para o setor de e-commerce no País.

O diretor comercial da JadLog, Ronan Hudson, também destaca a parceria com a GeoPost como um fator positivo. “O know how da GeoPost em sistemas, gestão e logística de movimentação e triagem já vem sendo incorporado pela empresa e contribuindo para atuar de forma mais agressiva no mercado brasileiro.”

O plano é crescer mais

A JadLog tem planos de aumentar a participação no mercado com a abertura de novas franquias e a oferta de novos serviços. Ainda em fase de desenvolvimento, a empresa deverá anunciar em breve a expansão de embarques para todo o mundo por meio da rede GeoPost / DPDgroup, além de cuidar das entregas de encomendas provenientes de outros países via GeoPost.

Com uma rede de 508 franquias, que atende a todos os municípios brasileiros, a JadLog faturou R$ 406 milhões em 2016 e transportou mais de sete milhões de encomendas. A empresa registrou um crescimento médio de 12% ao ano nos últimos três anos e, recentemente, inaugurou um novo centro de distribuição de 40 mil m² na altura do km 18 da rodovia Anhanguera, em São Paulo.

Por conta da participação no setor de e-commerce, a JadLog conquistou novos clientes, como Netshoes, Walmart, Saraiva, Ri Toys, Wine e Mercado Livre, além de centenas de pequenas e médias empresas, cujas plataformas e sistemas de comércio eletrônico já estão integrados ao da transportadora.

Fonte: Revista Mundo Logística

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Deixe um comentário