Arrumar os Estoques comece pelo básico

Arrumar os estoques. Comece pelo básico.

Você já entrou em um almoxarifado ou armazém e ficou chocado tal o nível de desorganização?

Eu já. E quando ia falar com o(a) responsável me surpreendia com três coisas:

a) Ele(a) havia se acostumado com o ambiente “tóxico” que estimula a baixa produtividade e a ineficiência logística.

b) Líder e a equipe pareciam esquecidos dos princípios básicos de organização e armazenagem.

c) Tinha várias razões para explicar o caos e não via nenhum motivospara mudar a situação.

Se você quer arrumar os estoques, eu sugiro que você comece pelo básico.

 "Uma caminhada de mil quilômetros começa com o primeiro passo"

A seguir apresento um roteiro (básico) de como atacar este tipo de problema:

  1. Reveja o layout com base no fluxo de trabalho. Eles devem ter harmonia e racionalidade;
  2. Avalie os equipamentos disponíveis: porta paletes, prateleiras, bins (caixas), gaiolas e paletes para itens volumosos que ficarão empilhados (blocados).
  3. Dimensione os corredores de circulação, de acordo com o tipo de equipamento que será utilizado (cestas, carrinhos, paleteiras e, ainda, nas grandes unidades empilhadeiras).
  4. Se assegure que cada item tem o seu local de guarda. Dependendo da organização do estoque, é preciso separar o estoque “grosso” (caixas de transporte ou paletes fechados) com grandes quantidades e o estoque “fino” com caixas na menor apresentação comercial ou até mesmo em unidades, dependendo do tipo de produto.
  5. Cada coisa no seu lugar. Um lugar para cada coisa. Faça um 5S não deixe nada fora de lugar e não guarde o que não pode ser utilizado.
  6. Descarte, dentro das regras (claro) tudo que esteja vencido ou sem condições de ser usado ou comercializado, antes de começar qualquer arrumação.
  7. Preveja também um espaço para armazenar demandas sazonais, criando um “pulmão”. Ele será muito mais útil que você imagina.
  8. Veja se existem itens que exigem uma armazenagem com caraterística diferenciada com controle de temperatura, alto custo ou itens que com controle definido por legislação (polícia, exército ou ANVISA, por ex.) e estabeleça os espaços adequados.
  9. Produtos com controle de temperatura tem escalas distintas e podem exigir freezers, geladeiras ou câmaras frias ou ambiente climatizado e devem ser levados em consideração na elaboração do layout da unidade.
  10. Outros produtos devem ser guardados em áreas fechadas com acesso restrito e isto deve estar previsto no layout e no fluxo.
  11. Na armazenagem se preocupe com a identificação do produto. Se for possível o uso de código de barras (uni ou bidimensional) no processo de separação,já preveja espaço para ele no layout da etiqueta.
  12. Oriente a equipe armazenar os produtos respeitando as orientações do fabricante descritas na embalagem como o lado para cima correto, a quantidade máxima de empilhamento permitido e a forma correta de “amarramento” do palete.
  13. Cuidados especiais com materiais que não podem ser dobrados como antenas, hastes e cateteres, evitando perda de mercadoria por dano na armazenagem.
  14. Os colaboradores devem receber orientações técnicas de cada produto que requerer procedimentos específicos bem como ter acesso à documentação como instruções de trabalho e fichas técnicos
  15. Estabeleça a rotina de recebimento e saída de mercadorias e áreas dimensionadas para evitar mistura com o material já estocado.
  16. Tenha um esquema para atender pedidos urgentes em separado dos pedidos normais de acordo com o nível de serviço previamente acordado (SLA).
  17. Defina os locais onde haverá algum tipo de manipulação (se for o caso), a forma de separação de pedidos e sua expedição seja interna ou externa.
  18. Preveja espaços para as não conformidades como quarentena, vencidos e devoluções (de chegada e de saída). Não misture. Cada um tem um processo diferente.
  19. Coloque monitoramento de imagens com apoio de profissionais especializados para evitar pontos cegos. Garanta o backup por um período mínimo de 30 dias e preferencialmente remoto para evitar que seja destruído para destruir provas em caso de alguma ocorrência.

 

Agora, mãos à obra e boa arrumação!

(Atualizado em 03/02/2016)

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Um comentário sobre “Arrumar os estoques. Comece pelo básico.

Deixe um comentário